Os Voluntários do Espaço Frater em Juatuba participaram de um momento de espiritualidade e convivência nos dias 3 e 4 de novembro. O carisma Franciscano foi a motivação para as partilhas e formações que foram realizadas.

O carisma Franciscano tem em sua essência um olhar humano peculiar acerca da pobreza, da caridade e da vida de oração. Entendemos que “é necessário que, sob o impulso do Espírito, a oração, como uma respiração do amor, brote das necessidades vitais do coração humano: o homem não pode atingir a sua plenitude a não ser que saia de seu egoísmo e entre na comunhão com Deus e os homens na pessoa de Deus-Homem, Cristo ¹.

Nossa vida de irmãos menores nos conduz a uma oração íntima e afetiva com Deus. Nessa perspectiva, os voluntários do Espaço Frater Juatuba conheceram um pouco de nossa vida de oração e partilhamos um pouco dos valores dos nossos votos religiosos de Pobreza, Castidade e Obediência.

Nosso retiro foi organizado em comunhão fraterna, ou seja, todos se dedicaram na organização e andamento das atividades seja na cozinha, limpeza, cantos e orações. Acreditamos na partilha e no trabalho descentralizado e a partir disso começamos a dialogar sobre o andamento de nossos trabalhos, propostas e perspectivas para o projeto.

O Espaço Frater é um projeto social que busca dar uma resposta de fé, a partir da arte e da promoção humana, para a complexidade do mundo contemporâneo. O Instituto Social Frei Gabriel, ao qual o Espaço Frater faz parte, desenvolve diversos trabalhos na busca de integrar e promover a paz e a fraternidade entre as pessoas. 

Sendo assim, nosso retiro teve como parte fundante a Oração Afetiva², a vida Fraterna e partilha dos corações de cada irmão que sonha esse projeto conosco. Você é convidado a nos conhecer mais de perto. Entre em contato conosco e faça parte dessa fraternidade. Seja um Frater. Paz e Bem!

Referências:
¹II Conselho Plenário da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Capítulo II, O Espírito e a Vida de Oração. Disponível em: ofmcap.org
² A oração franciscana é afetiva, isto é, oração do coração, que nos conduz à experiência íntima de Deus. Contemplando a Deus, sumo Bem e todo o Bem, do qual procede todo bem, devem brotar de nosso coração a adoração, a ação de graças, a admiração e o louvor.  Consitutição OFMCap, n.45.

Sobre o autor

Religioso da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos na Província de Minas Gerais. Graduado em Filosofia pelo Instituto Santo Tomás de Aquino. Graduando em Teologia pelo mesmo Instituto. Atuação em Dança Contemporânea.
1 Response

Deixe um Comentário

X